Malásia: sobremesas e pratos típicos

Malásia: sobremesas e pratos típicos

Pelo fato de os muçulmanos não poderem comer carne de porco, ela não é usada na maior parte dos restaurantes na Malásia; já a carne de gado é cara, pois é importada principalmente da Austrália; e carne de carneiro é utilizada geralmente nos restaurantes árabes; então, a culinária malaia se baseia especialmente em frutos do mar e frango, além de arroz (como todo bom asiático) e vegetais. Os pratos chineses, por outro lado, contêm bastante carne de porco, e os pratos indianos, quando não são vegetarianos (a maior parte é), contêm frango (nunca carne de gado).

O prato mais famoso da culinária malaia é o Nasi Lemak. Nasi significa arroz e lemak literalmente quer dizer “gordo”, no sentido, então, de um arroz cremoso, já que ele é cozido em leite de coco. O prato é normalmente servido com anchovas, pepino, ovo cozido, amendoins e uma pasta feita de chili.

nasi-lemak-wide

Outros pratos típicos são:

Sateh, espetinhos de frango, carne de gado ou de carneiro servidos com uma pasta doce de amendoim;

20160813_185622

Nasi Goreng, arroz frito, comum em vários países da Ásia;

ngmmaf5

Nasi Ayam, arroz com frango, talvez o prato mais comum por aqui;

img_9073

Curry Laksa, uma sopa à base de pimenta, leite de coco, gengibre e açafrão, servida com noodles, camarão, tofu, fish balls (um “nuggets”de peixe em formato de bolinha) e ovo cozido (sim, uma loucura!);

cd292bc5e3f9f01202452d4a9e34f28d

Mee Rebus, uma sopa de noodles à base de pimenta e molho de tomate, servida com vegetais, carne e ovo cozido.

tt-meerebus-dapurasiah

Há também os pratos típicos dos mamaks, restaurantes indianos-muçulmanos (uma mistura da culinária malaia com a da Índia), como:

Roti Canai, “pão achatado” literalmente, é como uma panqueca, geralmente acompanhado de molhos feitos de curry;

img_8734

Tandoori Chicken, um churrasco de frango, preparado com iogurte, pimenta, cebola, alho, gengibre e outros temperos, e geralmente acompanhado de naan (pão);

img_8790

Thosai, parece um crepe (só que mais crocante) e pode ser recheado (o meu favorito é o de batata) ou servido puro com molhos de curry;

masala-dosa

Teh Tarik, a bebida mais popular da Malásia, que literalmente significa “chá puxado” (devido ao modo como ele é feito), trata-se de chá preto e leite condensado.

img_8877

Já na culinária malaia-chinesa, os pratos mais comuns são:

Char Kuey Teow, noddles fritos com camarão, broto de feijão e cebolinha;

20161007_113238875_ios

Wan Tan Mee, noodles e carne de porco, acompanhado de uma sopa com dumplings (pastéis cozidos no vapor e recheados de carne e vegetais).

hooi-kee-wantan-mee

Dois lanches comuns na Malásia são os curry puffs, pastéis fritos recheados de batata, frango, ovo cozido e curry;

dsc03551

Kaya toast (que na verdade veio de Singapura), torrada de manteiga e kaya (uma geleia de coco, mel e ovo), servida com ovos e café com leite condensado.

20160703_184555

Agora, as sobremesas!

Os asiáticos têm um paladar bastante peculiar para doces. Um bom exemplo é que para eles feijão é sobremesa, e não prato principal. Existem várias sobremesas que incluem feijão, inclusive sorvetes, iogurtes e milkshakes. (Ah, mesma coisa com o milho!) Estranho? Sim, muito. Mas aqui é normal, vá entender…

Uma dessas sobremesas é o ABC (Air Batu Campur – mix de gelo, literalmente), uma raspadinha de gelo servida com (prepare-se) feijão (claro, eu já tinha avisado), milho, grass jelly (umas bolinhas de gelatina que não têm gosto nenhum), um xarope cor-de-rosa e, por cima de tudo, leite condensado pra tentar dar uma ajudada no sabor (mas não ajuda não…), e pode vir acompanhado de uma bola de sorvete (o que talvez melhore, mas duvido muito).

A cara de feliz é porque ele não tinha experimentado ainda.
A cara de feliz é porque ele não tinha experimentado ainda
ABC.
ABC

Outra sobremesa esplêndida típica da Malásia é o Cendol, uma espécie de “canjica” de leite de coco, jelly noodles (gelatina feita de farinha de arroz com corante verde), gelo e açúcar, e que pode conter feijão (não disse?), milho e arroz. Confesso que nunca tive coragem de experimentar o cendol (o ABC eu apenas experimentei porque não sabia que tinha feijão e milho dentro, achei que era uma singela raspadinha de gelo, mas fui enganada).

Parece uma delícia, só que não.
Parece uma delícia, só que não

Para completar as bizarrices, outra coisa considerada sobremesa para os malaios é o durian (uma fruta parecida com a jaca, mas com gosto e cheiro muito mais marcantes).

durian-21

Aqui, vários doces são feitos a partir do durian, e ele (ou ela? sei lá) também é apreciado puro muitas das vezes, o que leva a um problema: talvez vocês não esteja familiarizado com o cheiro do durian (eu mesma não conhecia até vir pra cá), mas é horrível, pra dizer o mínimo. Tão horrível que é proibido entrar com durian dentro de trens, ônibus e elevadores. É sério, eu tenho provas!

Placa dentro do hotel onde ficamos hospedados aqui em Kuala Lumpur.
Placa dentro do hotel onde ficamos hospedados aqui em Kuala Lumpur
Placa na estação de metrô em Singapura (aqui na Malásia também há placas como essa)
Placa na estação de metrô em Singapura (aqui na Malásia também há placas como essa)

O que não entendo é, se o cheiro do durian é tão ruim a ponto de ser proibido em lugares fechados, como as pessoas podem gostar tanto dele?

Loja de sobremesas feitas com durian. É possível sentir a catinga de longe, e ficar perto dessas lojas é só para os corajosos.
Loja de sobremesas feitas com durian. É possível sentir a catinga de longe, e ficar perto dessas lojas é só para os corajosos

Espero que tenha gostado e não tenha ficado muito assustado com as comidas malaias, rs. Qualquer dúvida, deixe seu comentário!
Aproveite para ler também sobre alguns destinos na Malásia: Kuala Lumpur, Langkawi, Penang, Malaca e Kota Kinabalu.

Comments are closed.