Ilha Sentosa: o lugar mais divertido de Singapura

Ilha Sentosa: o lugar mais divertido de Singapura

Até uns anos atrás, a ilha de Sentosa não era mais que uma vila de pescadores com praias tranquilas, mas à medida que Singapura foi enriquecendo, começaram a investir, além de no transporte público, segurança e limpeza, que já estavam ótimos, no lazer da população e também dos milhões de turistas que visitam a cidade-país todo ano.

20160903_094313

É em Sentosa que está o parque da Universal Studios, além de um complexo hoteleiro gigantesco, com vários hotéis e spas, muitíssimas opções de restaurantes, três praias (Palawan, Siloso e Tanjong), campo de golf, um parque aquático (Adventure Cove Waterpark), o famoso museu de cera Madame Tussauds, mais parques de aventura (como o Mega Adventure Park e o Sentosa AdventureLand 4D), um teleférico e várias outras atrações que você pode conferir no site oficial da ilha.

Screen Shot 2017-01-15 at 09.39.26

Primeiro você deve ir até a estação de MRT Harbour Front. De lá, você pode ir a Sentosa a pé (mais ou menos 1km de caminhada), de teleférico (que custa S$33) ou de trem (Sentosa Express, que custa S$4). Nós usamos esta última opção pois é a mais fácil e rápida.

Das inúmeras atividades de Sentosa, nós fomos apenas na Universal Studios, pois não tivemos tempo nem $$ pra fazer mais coisas rs.

20160903_094232

A Universal Studios fica logo na entrada da ilha e a primeira parada do Sentosa Express. Há sinalização por tudo e muitos funcionários simpáticos e prestativos para ajudar os visitantes, então não tem como se perder!

20160903_093333

Nós compramos os ingressos para o parque por um aplicativo, o Klook, dois dias antes da viagem e imprimimos em casa. Também é possível comprar no próprio parque, no Vivo City (onde se pega o Sentosa Express), em vários hotéis em Singapura ou pelo site do Resort World Sentosa (o complexo hoteleiro da ilha). Nós pagamos S$64 por cada ingresso, o equivalente a US$45, mas esse valor pode variar de acordo com a temporada (nós fomos em setembro).

O parque é dividido em várias áreas e temas:

20160903_094436

Hollywood, logo na entrada do parque, onde estão as maiores lojas;

20160903_155347

20160903_100005

New York, onde está a Vila Sésamo e a atração do Steven Spielberg;

20160903_124536

img_6586

Sci-Fi City, onde está o brinquedo dos Transformers e maior montanha-russa do parque, a Battlestar Galactica;

img_6570

20160903_104509

20160903_100200

Ancient Egypt, onde está a montanha-russa da Múmia, minha preferida!

img_6627

img_6561

The Lost World, onde estão os brinquedos inspirados no Jurassic Park;

20160903_133852

20160903_131714

Far Far Away, inspirado no Shrek;

20160903_152356

20160903_153123

Madagascar, onde estão os brinquedos mais “bobinhos”, mais para crianças mesmo.

20160903_171600

Nosso dia lá foi muito divertido, com certeza recomendo, principalmente àqueles apaixonados por parques de diversão como eu!

O único problema foi que fomos num sábado e o parque estava lotadérrimo, vazando gente pra tudo que é lado. Tivemos, inclusive, que comprar o Express Pass, que nos permitia furar a fila dos brinquedos (1 vez em cada um). Graças a ele, conseguimos ir em todas as atrações, mas mesmo assim o tempo foi apertado. Entramos no parque às 10, quando abria, e saímos pelas 17:45 (o parque fechava às 18h). Minha recomendação então é evitar ir nos fins de semana e feriados, ou já separar um dinheiro extra pra comprar o Express Pass.

Para voltar, é só pegar o mesmo trem, o Sentosa Express, e depois o MRT (estação Harbour Front) para onde você quiser.

Espero que tenha gostado e que este post tenha sido útil! Qualquer dúvida, deixe seu comentário!

Comments are closed.